A diferença entre o Conceito Sohier e os
outros métodos utilizados

 

A Fisioterapia Articular Analítica, fundamentada no Conceito Sohier, é um método indicado para todas as afecções de origem patomecanogênica do aparelho locomotor. Essa visão inovadora tenta restabelecer, para cada articulação, o ritmo biomecânico fundamental, ou seja, a alternância dos apoios quem vai estimular a reconstrução celular. 

O movimento, mesmo reeducacional, não oferece a possibilidade de corrigir uma lesão articular. Ao contrário, o movimento neste caso pode piorar a patologia.Desta forma, a Fisioterapia Analítica é muito diferente dos outros métodos amplamente utilizados e difundidos no Brasil que utilizam movimentos para estirar, alongar e tonificar os músculos sem cuidar das articulações. Não confundir manutenção e funcionamento.No Conceito Sohier, existe uma cronologia dentro do tratamento. A articulação é tratada em primeiro lugar: voltar na normalização biomecânica da interlinha articular para recuperar o equilíbrio trófico tissular e uma boa artrocepção. Consequentamente, a contratura muscular vai desaparecer, permitindo assim a reorganização das programações motoras automáticas, melhorando o movimento. Em um segundo momento, o músculo é tratado. 'Somente após tratar a articulação, o fisioterapeuta deve ir na direção do movimento e tonificar os músculos estabilizadores com o propósito de manter a correção articular', informa Richard Biton, diretor do Instituto de Fisioterapia Analítica.A conduta terapêutica ideal deve sempre começar pela normalização da interlinha articular antes de se interessar pelos músculos e exercícios. Esta é a cronologia correta!

Campinas | Rua Jesuíno Marcondes Machado, 2399 - Jardim das Paineiras - Campinas - SP - Tel.:  019 3253-7277

​Salto | Espaço Salloni - Rua Monsenhor Couto, 566 - Sala 4 - Centro - Salto - SP  |  11 4602-4994  |  11 4456-3483

11 99515-6230 (agendamento por whatsapp) 

  • w-facebook
  • w-blogger